domingo, 7 de agosto de 2016

Duas referências do Cangaço na Bahia

coronel Petronillo Reis, de Santo Antônio da Glória

coronel Antonio Souza Benta, de Morro do Chapéu



quarta-feira, 17 de fevereiro de 2016

Evaristo... O látego do sobreviver.


Evaristo Carlos Costa seguiu uma vida cabisbaixa e penumbrosa, entre Queimadas e Santa Luzia, onde se fixou mais, após a tragédia.
Em agosto de 1939, foi promovido a 1° sargento, posto no qual veio a encerrar sua trajetória na polícia, pouco depois.
Viu Santa Luzia tornar-se Santaluz, em 1943, com o olhar obscurecido e a marcha taciturna dos que sofreram o drama, o trauma, o assombro e a tragédia de sobreviver. Mais arrastava-se que vivia.
Na década de 1960, em Santaluz, numa manhã, foi encontrado empalidecido, apavorado, trêmulo, na vendinha que, ali, abrira. A todos contou que Virgulino Ferreira da Silva, o Lampeão, acabara de pedir e beber uma dose de pinga, olhá-lo nos olhos com o seu olho cego... e sair.
Correu à rua. Rodou a cidade. Procurou o quanto pôde. Foi muito difícil acalmá-lo.
Faleceu aos 86 anos de idade, sem jamais se livrar dos seus incontáveis e indesvanescíveis fantasmas. Está sepultado no cemitério de Santaluz.

Recorte do livro "SILVA FILHO, Rubens Antonio. "Cangaço na Bahia.", volume 1, no prelo.


Como citar
.

segunda-feira, 25 de janeiro de 2016

Liberato de Carvalho - atualização de informações


.
Documento da Assembléia Legislativa da Bahia:
Dep. Liberato de Carvalho
:: Dados Pessoais
Nome: Liberato Matos de Carvalho
Profissão: Militar e Médico
Nascimento: 13 de agosto de 1903, Vila Serra Negra, Pedro Alexandre-BA
Filiação: Pedro Alexandre de Carvalho e Guilhermina Maria
Cônjuge: Carmem Siqueira de Carvalho
Filhos: José Carlos, Liberato José (in memorian)
Falecimento: 16 de março de 1996

:: Formação EducacionalCursou o Primário e o Secundário em Aracaju-SE. Estudou na Escola Militar na Academia de Agulhas Negras, Rio de Janeiro-RJ. Formou-se em Medicina pela Faculdade de Medicina da Bahia, Salvador-BA.

:: Atividade Profissional
Tenente-coronel por decreto de 16 de dezembro de 1932, para comandar as Forças de Operação do Nordeste dos Estados - FONE.
Promovido a Coronel, 1935.
Nomeado Comandante da Polícia Militar da Bahia, 23-02-1935 a 11-11-1937.

Foi antecedido pelo Coronel João Felix de Souza, que comandou a Polícia Militar de 20-11-1931 a 23-02-1935, e sucedido pelo Cel Tito Coelho Lamêgo , que comandou a Polícia Militar de 11-11-1937 a 28-03-1938.
Comandante do Batalhão do Exército, Recife-PE;
capitão da Infantaria do Exército Nacional, reformou-se como General de Brigada. Secretário estadual de Segurança Pública e do Interior do estado de Alagoas.
.
Liberato de Carvalho aparatado, na sua ação como volante. - Fonte da imagem: livro "Derrocada do Cangaço", de Felippe de Castro.
.
Liberato e sua volante, em Jeremoabo:



.
:: Mandato Eletivo:
Eleito deputado estadual Constituinte pela União Democrática Nacional - UDN, 1947-1951.

:: Filiação Partidária
UDN.

:: Atividade Parlamentar
Na Assembléia Legislativa, titular da Comissão de Polícia Civil e Militar (1947-1950).

Setor responsável: Diretoria Parlamentar / Divisão de Pesquisa
ALBA - ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DA BAHIA
Palacio Dep. Luis Eduardo Magalhaes, 1a avenida, 130, CEP: 41.745-001, CAB, Salvador-Bahia
.
Liberato de Carvalho na época da sua participação no combate de Maranduba.
.
Sepultura no Cemitério Jardim da Saudade - Salvador - Bahia


.
Atualmente existe a Praça General Liberato de Carvalho, em Pedro Alexandre, Bahia.
.

sábado, 24 de outubro de 2015

Algumas referências de morte e sepulturas de militares que combateram o cangaço


No Cemitério do Campo Santo, em Salvador, Bahia
.
- Hercilio Rocha



- Arsênio Alves de Souza


- Alberto Rocha



No Cemitério do Jardim da Saudade, em Salvador, Bahia
- Liberato de Carvalho

.
As Guias indicando os falecimento e sepultamento são de propriedade da Santa Casa de Misericórdia, Salvador, Bahia
.
Como citar
.

domingo, 2 de agosto de 2015

Reminiscências de um ex-comandante de volante... Mourão... Mormaço... Catingueira...

Excerto do depoimento de José Mutti de Almeida, em sua publicação "Reminiscências de um ex-comandante de volante.", publicada em brochura, pelo mesmo, em 1982, em Alagoinhas, Bahia.
.

.
Como citar
.

Reminiscências de um ex-comandante de volante

Excerto do depoimento de José Mutti de Almeida, em sua publicação "Reminiscências de um ex-comandante de volante.", publicada em brochura, pelo mesmo, em 1982, em Alagoinhas, Bahia.
.
José Mutti:












.
Como citar
.

quinta-feira, 23 de julho de 2015

Corisco... Um mergulho no perpétuo fugaz

Preparação para entrega do crânio de Corisco a Dadá:

Dadá zelando pelo sepultamento dos restos, finalmente, integrados de Corisco, em 13 de julho de 1977, no Cemitério da Quinta dos Lázaros, em Salvador, Bahia:




Como citar
.